HomeDestaque 1Atuação de servidores do Fórum de Lagoa Santa é destaque no TJMG
Fórum de Lagoa Santa

Atuação de servidores do Fórum de Lagoa Santa é destaque no TJMG

Fórum de Lagoa Santa é destaque no TJMG! A Comarca de Mantena recebeu, nos dias 9, 10 e 11 de outubro, orientações quanto à implantação da metodologia de Desdobramento do Planejamento Estratégico. A coordenadora do Núcleo de Suporte ao Planejamento e à Gestão da Primeira Instância (Nuplan), Maria Daniela Ferreira, e a servidora Silvana Lessa estiveram em visita técnica na 1ª e na 2ª Varas da comarca.

Leia também: Requinte e sofisticação marcam a inauguração da Joalheira Shirley Lopes Jóias, em Lagoa Santa

Já a Comarca de Lagoa Santa está trabalhando com a nova metodologia desde janeiro deste ano. Até o mês de outubro, foram baixados 1.024 processos, quantidade equivalente à metade do número de ações distribuídas no mesmo período. O juiz titular da 2ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude da Comarca de Lagoa Santa, Carlos Alexandre Romano Carvalho, relata os resultados obtidos com a implantação da Gestão Estratégica na Unidade Judiciária e conta que os servidores estão empolgados com o expressivo resultado.

Em Lagoa Santa, o juiz Carlos Alexandre Romano Carvalho e equipe comemoram a redução do acervo processual. Segundo o juiz Carlos Alexandre, de acordo com os dados extraídos do Sistema de Informações Estratégicas do Judiciário (Sijud), em janeiro de 2017, a unidade judiciária contava com um acervo de 13.414 feitos e hoje está com 12.390 processos.

Equipe do Fórum de Lagoa Santa.

Fórum de Lagoa Santa

Servidores do Fórum da Comarca de Lagoa Santa, que fazem parte da equipe do Dr. Carlos Romano (sentado).

“Tenho que o resultado obtido foi fruto do empenho e dedicação dos servidores no cumprimento das metas estabelecidas pelo Plano Estratégico da Unidade Judiciária, da adesão do Município de Lagoa Santa ao Programa Execução Fiscal Eficiente, do incentivo à conciliação e mediação através do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), de uma melhor gestão do acervo processual e dos processos de trabalho, priorizando o julgamento antecipado da lide, nos casos permitidos em lei, bem como do estabelecimento de rotina de baixas e  arquivamento de feitos já extintos,” comemora.

Diagnóstico

Para o juiz de Direito da 1ª Vara de Mantena, Wagner Mendonça Bosque, a visita das servidoras do Nuplan foi fundamental, representando grande apoio e valiosa contribuição para o desenvolvimento desse trabalho inicial.

A Comarca de Mantena recebeu equipe do Núcleo de Suporte ao Planejamento e à Gestão da Primeira Instância (Nuplan).

Fórum de Lagoa Santa

Servidores da Comarca de Mantena.

Ele destaca que “o estudo de caso diagnóstico da 1ª Vara de Mantena foi importantíssimo para a melhor compreensão da unidade judiciária, permitindo uma leitura adequada de seus aspectos positivos e dos processos de trabalho que necessitam de melhora. Após a elaboração do plano estratégico e do plano de ação, a expectativa é de que possamos, com o esforço conjunto de toda a equipe, corrigir eventuais anomalias e, consequentemente, aprimorar continuamente a prestação jurisdicional”.

Suporte e acompanhamento

“Nosso objetivo é prestar suporte aos magistrados e às equipes das secretarias e acompanhar o projeto de implantação do Desdobramento do Planejamento Estratégico”, explica Maria Daniela Ferreira. A Corregedoria-Geral de Justiça estabeleceu o cronograma de implantação do Desdobramento do Planejamento Estratégico, seguindo orientação da Resolução 827/2016 e pela Portaria 4.704/CGJ/2017.

Conforme detalha a coordenadora do Nuplan, inicialmente está prevista a implantação em 59 unidades judiciárias que já foram comunicadas sobre o início dos trabalhos referentes ao desdobramento do planejamento estratégico. As primeiras unidades judiciárias contempladas são aquelas cujos magistrados já receberam capacitação pela Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef), em conjunto com a Corregedoria-Geral de Justiça, nos Cursos de Formação Inicial para Magistrados e em cursos de gestão.

Reuniões de trabalho

Durante a visita a Mantena, foram realizadas reuniões de trabalho com todos os envolvidos nas rotinas das unidade judiciárias, de maneira interativa, de tal forma que às questões teóricas levantadas eram aplicados exemplos concretos considerando a realidade de cada unidade judiciária.

Assim, passo a passo, os participantes iam detalhando os critérios previstos nos atos  normativos e percebendo como cada um deles impacta no funcionamento da unidade judiciária.

Caçambas em Lagoa Santa

Houve debates e soluções de problemas, além do trabalho feito em conjunto por magistrados, servidores e a equipe técnica da Corregedoria. Como fazer a gestão da unidade judiciária? O que quer dizer fazer uma diagnose da unidade judiciária? E como deve ser elaborado o plano de ação? Esses e outros questionamentos foram esclarecidos durante a visita.

Para a servidora Silvana Lessa, um dos diferenciais é que o acompanhamento da  Corregedoria prossegue mesmo depois de terminada a visita técnica, “seja por e-mail ou por telefone, mantemos  contato permanente com a unidade judiciária de modo que os envolvidos possam sentir-se seguros quanto aos procedimentos que envolvem o desdobramento do planejamento estratégico.”

dentista em lagoa santa

Agora também em Confins. Visite-nos!

Conforme testemunha o juiz Carlos Alexandre Romano Carvalho, de Lagoa Santa, “o apoio e a orientação recebidos da Corregedoria Geral de Justiça, através dos juízes auxiliares Marixa Fabiane Lopes Rodrigues e Marcus Vinícius Mendes do Valle e do Nuplan, foram fundamentais para o alcance dos resultados”.

Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom

TJMG – Unidade Fórum Lafayette – (31) 3330-2123.

Compartilhar com:
Classifique este artigo
Comentários

Comente

})(jQuery)