HomeLagoa SantaEncontro de fuscas agitou o fim de semana em Lagoa Santa
Aconteceu neste domingo (19) um encontro de fuscas e carros antigos em Lagoa Santa. O local escolhido para reunir os "possantes" foi o mais belo cartão postal da cidade, a orla da Lagoa Central, ao lado da feira de artesanatos.

Encontro de fuscas agitou o fim de semana em Lagoa Santa

Aconteceu neste domingo (19) um encontro de fuscas e carros antigos em Lagoa Santa. O local escolhido para reunir os “possantes” foi o mais belo cartão postal da cidade, a orla da Lagoa Central, ao lado da feira de artesanatos.

Quadrilha especializada em roubo de cargas é presa em Vespasiano

Promovido pelo grupo Fuscaria, o evento reuniu centenas de veículos, dos mais tradicionais modelos. O “carro chefe” do encontro foi o fusca, mas apareceram kombis, brasílias, variantes, passat, etc.

Aconteceu neste domingo (19) um encontro de fuscas e carros antigos em Lagoa Santa. O local escolhido para reunir os "possantes" foi o mais belo cartão postal da cidade, a orla da Lagoa Central, ao lado da feira de artesanatos.

O amor por carros antigos é algo difícil de explicar. Começa como um hobbie, uma diversão, e quando menos se espera, o carro já é parte da família. O empresário Luiz Carlos Viana sabe muito bem o que é isso.

“Há quatro anos atrás peguei esse fusca em um negócio. Nem passava pela minha cabeça ter um carro como hobbie, mas aos poucos eu e meu filho, o Francisco, fomos mexendo nele, estilizando, e hoje ele é nosso xodó. Outro que muito me incentivou a ficar com o carro foi meu sogro, Marcelo, que tem uma oficina especializada em customização de fusca, kombi, e demais carros da volkswagem a ar. Esse amor pelo fusca é de família e vai passar de geração para geração”, observa o empresário.

Esse fusca do Luiz é de 1965, com suspensão a ar, banco de couro, rodas de liga leve e motor “zangado” 1.6. No encontro promovido pela “Turma do Buguinha” na cidade de Belo Vale, o fusca do Luiz ganhou o prêmio de mais belo carro do encontro.

Perguntado sobre o preço que ele colocaria no fusca, Luiz foi enfático. “Não tem preço comercial. O valor sentimental que eu e meu filho temos por ele já é muito maior do que qualquer valor”.

De acordo com os organizadores, mais de 130 veículos vieram ao encontro. O objetivo dos organizadores é colocar na agenda oficial do grupo a cidade de Lagoa Santa.

Por Felipe Cruz

Fullys
Compartilhar com:
Classifique este artigo

Formado em Jornalismo pelo Uni-BH, especializado em Marketing Político e Mídias Digitais. Ceo do Vetor Norte Notícias e editor-chefe do Portal. "Acredite nos seus sonhos e vá em busca de realizá-lo". Obrigado pela confiança no Vetor Norte Notícias! Faça contato conosco - 3681-6467.

jrfelipecruz@gmail.com

Sem Comentários

Comente