HomeCidadesVacina de Oxford contra a Covid-19 começa a ser testada em brasileiros

Vacina de Oxford contra a Covid-19 começa a ser testada em brasileiros

Uma vacina de combate a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford, considerada uma das mais avançadas do mundo, já está sendo testada em voluntários de São Paulo.

Leia também: Confira as principais notícias do Brasil e do Mundo nesta terça-feira (23/06)

Leia também: Jovem é morto em Lagoa Santa em possível acerto de contas; crime aconteceu na Lapinha
Mc Locações Lagoa Santa
O melhor preço de Lagoa Santa em equipamentos para sua obra e aluguel de caçambas.

Essa informação foi divulgada pela Fundação Lemann, financiadora do projeto.

O imunizante demonstrou bons resultados em etapas anteriores de teste e agora se encontra na fase três, na qual uma grande quantidade de pessoas receberá doses para verificar sua eficácia em impedir o contágio para outras pessoas.

No Brasil, a maior parte dos homens e mulheres, com idades entre 18 e 55 anos, selecionados para participar dos testes, são profissionais da saúde.  

Eles serão divididos em dois grupos: um tomará a vacina e o outro será testado com a vacina-controle, chamada de MenACWY.

A parir dos resultados, será feita a comparação para identificar o percentual de pessoas vacinadas que não desenvolveu a doença e a proporção de indivíduos testados com a vacina-controle que acabou infectada pelo coronavírus.

“Se o primeiro time, o das pessoas testadas com a vacina, tiver um percentual superior de imunidade em comparação àqueles que tomaram a vacina-controle, a conclusão é a eficácia da vacina”, explica o Dr. Celso Granato infectologista e diretor clínico do Grupo Fleury, que participa na seleção dos voluntários para o teste.

dentista em lagoa santa
Estamos atrás da Igreja Matriz, no entorno da Praça do Liliu. Faça seu orçamento conosco, sem compromisso!
No país, o estudo dessa vacina contra a Covid-19 é conduzido pela Escola Paulista de Medicina, da Universidade Federal de São Paulo – Unifesp. 

Mesmo que ocorra resultados satisfatórios com essa vacina, a expectativa, mais otimista, é que a produção comece em larga escala, a partir de 2021.

Por Felipe Cruz  

Siga nossas redes sociais:

Instagram@vetornortentcias

Facebook.com/vetornortenoticias

Youtube.com/vetornortenoticias

Compartilhar com:
Classifique este artigo

Comente

Jornal VNN

A 3ª Edição do Vetor Norte Noticias impresso já está disponivel online!

ACESSE AGORA
close-link
})(jQuery)