HomeCidadesPedro Leopoldo oferece qualificação profissional para pessoas com Síndrome de Down
Curso em Pedro Leopoldo para portadores de sindrome de down

Pedro Leopoldo oferece qualificação profissional para pessoas com Síndrome de Down

Parabéns Pedro Leopoldo! Vou começar a matéria assim, parabenizando essa cidade de pouco mais de 60 mil habitantes que se agigantou diante dessa iniciativa.

Pedro Leopoldo se tornou a primeira cidade do país a oferecer curso do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC, para pessoas com Síndrome de Down. No dia 21 de setembro iniciaram-se as aulas do curso na Escola Municipal José Elias da Costa (NEEC).

Leia também: Trio de Lagoa Santa é preso com PT.40 a caminho de Jaboticatubas

A iniciativa é pioneira no Estado e no Brasil. Com carga horária de 200 horas, o curso oferecido é de Recepcionista de Eventos. Ele é totalmente adaptado às necessidades e especificidades dos alunos. Ao todo serão 25 alunos nessa primeira turma.

Curso em Pedro Leopoldo para portadores de sindrome de down

Primeira turma terá 25 alunos, portadores de síndrome de down.

O curso é oferecido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – Sedectes, do Governo de Minas Gerais. Ele acontece em parceria com a Prefeitura Municipal de Pedro Leopoldo, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Social e de Educação.

“Estamos todos felizes por nosso município ter sido contemplado para realizar esta primeira edição do PRONATEC Especial. É muito importante saber que este público foi lembrado de forma tão impactante. A reação das famílias e dos alunos inscritos foi de alegria e de muita expectativa”, conta a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Fátima Brasil.

O Prefeito de Pedro Leopoldo, Cristiano Marião, ressaltou que é motivo de orgulho para a cidade contribuir para a projeção da ideia da qualificação técnica inclusiva.

“Certamente os resultado se darão em vários níveis, não se restringindo unicamente à perspectiva de qualificação profissional. Será um grande avanço para a inclusão social e produtiva, para a autoestima dos alunos e para dar visibilidade aos potenciais humanos”, frisou.

Parabéns novamente Pedro Leopoldo. Que sirva de exemplo para outras cidades do Vetor Norte, de Minas e do Brasil. A pequena Pedro Leopoldo se agiganta diante do preconceito, da exclusão social e da falta de oportunidades para portadores de síndrome de down.

Por Felipe Cruz

dentista em lagoa santa

Agora também em Confins. Visite-nos!

Formado em Jornalismo pelo Uni-BH, especializado em Marketing Político e Mídias Digitais. Ceo do Vetor Norte Notícias e editor-chefe do Portal. "Acredite nos seus sonhos e vá em busca de realizá-lo". Obrigado pela confiança no Vetor Norte Notícias! Faça contato conosco - 3681-6467.
Fullys
Compartilhar com:
Classifique este artigo

Comente