HomeBHCamelôs entram em “choque” com PMs no centro de BH nesta segunda (3)
confronto entre pm e camelôs no centro de BH

Camelôs entram em “choque” com PMs no centro de BH nesta segunda (3)

Centro de BH amanheceu “diferente” nesta segunda (3). A correria do início de semana deu lugar para um confronto entre Camelôs e a Tropa de Choque da Polícia Militar.

centro de bh

O motivo – a proibição deles ocuparem as ruas do centro da capital. O trânsito na Praça 7 chegou a ser interrompido pelos manifestantes, e só foi liberado após a chegada da tropa de choque da PM.  Até o “Caveirão” precisou ser usado.

Leia também: Homem é morto em Lagoa Santa por “rixa antiga”

dentista em lagoa santa

De acordo com a Secretária Municipal de Serviços Urbanos, até o próximo dia 21, a prefeitura espera começar a instalar os camelôs em shoppings populares.

“A gente vai iniciar um sorteio para colocar em shoppings privados as pessoas que queiram trabalhar na modalidade de uma feira. Isso tem um custo de R$1 por dia, R$30 por mês, pra ser precisa. Durante esse período, nós vamos estar abrindo a licitação para o Shopping Caetés. A licitação de feiras, tanto de feiras de artesanatos, como de feiras de produtos alimentícios. Vamos protocolar hoje, na Câmara, a operação urbana, que deve resolver a questão das vagas permanentes. A prefeitura vai subsidiar esse aluguel durante cinco anos”, disse Maria Caldas.

centro de bh

Todo cuidado é pouco! A tensão continua no centro da capital, no entorno da Praça 7.

Da redação!

Compartilhar com:
Classifique este artigo

Formado em Jornalismo pelo Uni-BH, especializado em Marketing Político e Mídias Digitais. Ceo do Vetor Norte Notícias e editor-chefe do Portal. "Acredite nos seus sonhos e vá em busca de realizá-lo". Obrigado pela confiança no Vetor Norte Notícias! Faça contato conosco - 3681-6467.

jrfelipecruz@gmail.com

Comentários
  • É muito fácil acabar com os camelôs, o governo ideal só precisa gerar 13 milhões de empregos no Brasil, ou então, pare de se meter na economia, com a desculpa de regulamenta-la para poder roubar ainda mais.

    4 de julho de 2017

Comente